quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

ESTRADA



Caminhos não sejam jogados pela janela, melhor observá-los,
antes de seguir.Toda noite é uma partida. Mas, a despedida não precisa ser ruim,o medo é o espaço do ego ignorado ,o medo é o segredo guardado no peito do Héroi.

Talvez a lembrança morra e um ano que foi como um dia,possa se dividir.O tempo não pergunta quando você quer que ele pare.Talvez ainda precise correr,o caminho ainda se constrói ,na estrada ainda há dor.O espaço ainda ta aberto.Mas tem uma escada do lado de cá.Pegue a escada e suba em seus degraus, caminhe sem medo de seguir.Siga mesmo com interrupções.

Veja sua estrada.Se nela encontrar flores,regue-as.
Se nela encontrar canções, cante-as
Se chove, banhe-se com a água pura que vem dos céus.
Se na estrada tem pássaros,observe-os voarem.
Se na estrada tem o calor do sol,receba seus raios.
Se na estrada tem crianças,permita que elas se acheguem
E receba a pureza que só a elas pertecem.
Se na estrada encontrar o amor,não o perca de vista,
Deixe-o entrar,aprenda com ele,misture-se a ele,
Ouça sua voz no silêncio da noite e no amanhecer.
Não se perca de seu caminho,não deixe que espinhos
Impeçam-lhe de seguir.Mesmo que encontre raios,
procure um abrigo e continue, jogue sementes de paz por onde
passar,verá que sua estrada ganhará o sabor de
uma vida feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário