domingo, 26 de dezembro de 2010

RENASCER



Mas agora nem é dia, nem tem pássaros cantando nesse instante, mas sinto vida, me sinto viva. As amarras do meu corpo esquisito, que se impelia ao encontro brusco de desprazeres, eu soltei. Não basta fechar os olhos, fazer uma reza e esperar que tudo que te maltrata acabe, que a fada madrinha apareça ou o gênio com a lâmpada mágica te conceda três míseros pedidos. Tua vida é bem maior que isso, quem tem o poder de resolvê-la é você. O bom é que todos os dias existe a possibilidade da mudança, o segredo é querer mudar e não desejar permanecer covardemente inerte, numa situação que não faz nada por você. Que te sufoca, te contraria, te maltrata ou te faz descer ao mais baixo grau do desamor. Sim, porque aprendi a me amar, e, amar a si, não é tão fácil, a briga que temos até descobrir o que somos, o que queremos é tremendamente irritante e exige coragem para assumir os próprios defeitos e enxergar mesmo que te corte ao meio a dor, ou que te arraste em calçadas sujas e te faça comer o pó da sujeira. Mas é necessário ainda que te faça engolir o orgulho, engolir primeiro a dor. Amar a si é saber o que te fez chegar aqui, ao espelho, o teu reflexo, a tua cara limpa ainda não lavada quando acorda, aquela que você esconde ao amanhecer, quando conseguimos ser fortes e enfrentarmos essa dor, aí o amor chega e nos faz subir e voar. Porque você não mais vai chorar por ontem, porque o ontem é ontem e ponto. Você não vai se importar de aparecer com a cara ainda para lavar, porque você não tem vergonha de você. Amar é algo sublime e amar a si é o segredo de ser feliz. Não existe eu não consigo, eu não posso, alguém não faz, não culpe, "aja". Felicidade é encarar o fundo de você mesmo, dos seus medos, suas manchas, seus erros, é enxergar também suas vitórias, sua força. É se enxergar, é deixar se enxergar. Não tenha medo de ser você, de lutar por você. Não sente no banco da praça e admire o casal de mãos dadas e chore porque perdeu um amor, levante, busque o amor, veja ele em você, veja ao redor. O que você quer? É ser feliz?

Hoje, conheço o melhor dos meus dois lados, sim porque temos dois lados: o lado bom, positivo, e o lado fraco e negativo, que estranhamente domina a mente, o coração. É você falar que está triste e queria tanto ser feliz, e continuar fazendo tudo que te deixa triste. Não sair, porque estou triste, não sorrir, porque estou triste, ouvir música triste, porque estou triste. É como você dizer, eu quero algo gelado e tomar café quente. Aprendi que para tomar o algo gelado que quero, é lutar contra esse negativo estranho. Quero ser feliz, então vou fazer o que me deixa feliz. Mesmo que o nó do choro impeça a minha gargalhada de abrir por inteiro e, nos meus olhos, exista ainda um vidro que me impeça de enxergar a beleza. Mas vou lutar para renascer sempre e todos os dias. Eu não deixei que o medo me impedisse de enxergar as minhas mais duras dores, então, Renasci. 

4 comentários:

  1. nossa tem um contexto grade quase que infinito,assim defino a leitura que fiz aqui,acho que muitas mulheres deveriam ler para ganhar força e emergir do fundo do poço invisível e lutar para serem felizes;estou particularmente,me espelhando e aprendendo beijos continue siga encontrou o caminho.shalom

    ResponderExcluir
  2. Parabens.. vc me deixa muito orgulhosa !
    Alias sempre fui e sempre terei orgulho de vc ,Vc que me dar força, vc que me supreende a cada dia com seus escritos, que me fazem tbm crescer .. muito obrigada por vc existir e por continuar a ter orgulho de falar .. VOCÊ É MINHA FILHA
    TE AMO

    ResponderExcluir
  3. Minha Querida e muito lindo o seu blog tive dando uma olhada parabéns,gostei muito de todos principalmente desse primeiro texto,esse texto tem muito e ver comigo.!!bjooos pra você !

    ResponderExcluir
  4. Obrigada a todos pelo carinho!! Fico muito feliz, por estarem aqui comigo!

    ResponderExcluir