quarta-feira, 6 de abril de 2011

TINHA MEDO DO ESCURO



Como a gente  muda. Um dia eu tinha medo do escuro; hoje, é na luz apagada que encontro conforto. Aquelas horas só nossas onde ninguém pode atrapalhar, quando a casa dorme e ficamos ali olhando para o teto. E aí, às vezes, não sabemos em que pensar ou temos muito em que pensar. Mas o que mais acontece é pensarmos no que não queremos pensar, aqueles pensamentos teimosos que ficam o dia todo atormentando. Esses, sim, são os que nos fazem perder o sono e tomam espaço no vazio da noite escura.  Quantas vezes nos sentimos sozinhos, quantas vezes dá vontade de ligar para alguém e conversar, mas sempre tem uma vozinha, que diz “será que tem alguém disposto a me ouvir essa hora?!” E, às vezes, tem, mas nem tentamos. Ainda tem aqueles momentos que preferimos ficar sozinhos e pensar, e mastigar calmamente nossas dores. Às vezes,  dói e aí  é hora de lavar a alma e chorar, e tem tanta gente que chora escondido, que chora e não gosta de chorar, que tem vergonha de mostrar sentimentos, que acha que é fraqueza. Mas que nada! É exatamente nessa hora, a nossa hora. De falar em particular coisas que, às vezes, não queremos ouvir, sentimentos que não queremos aceitar, medos que precisamos vencer, verdades que precisamos decifrar. É ai que podemos reagir, de pé no chão, sabendo que o passado não volta e que aquela queda já aconteceu, e já levantamos, e hoje podemos construir um dia melhor, um dia feliz. O dia de hoje. O dia em que podemos analisar onde melhorar, o que realmente está faltando e corrermos atrás, logo que o sol nascer, dizendo bom dia. Não esperarmos outra noite chegar e ficarmos ali deitados, pensando no que não temos ou não fizemos. Mas pensarmos no que foi feito, no que foi realizado, no que ainda vamos melhorar, qual o próximo passo para chegarmos onde queremos. Abrir nossos caminhos e achar a saída se estivermos presos em labirintos. Porque é preciso libertar-se para recomeçar. E só nós podemos fazer isso. E reconhecermos que ainda que a noite pareça confusa e escura, nela existe o brilho do luar e é esse brilho que pode nos levar a apreciarmos um lindo nascer do sol.


ℓ૯ฑฑ૯ Datas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário